[Cinema] Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças

Título: Brilho Eterno de uma mente sem lembranças/ Eternal Sunshine of the Spotless Mind
Produtora: Universal Pictures
Ano: 2004
Duração: 108 min
Gênero: Comédia Romântica/Drama
Elenco:
Jim Carrey
Kate Winslet
Kristen Dunst
Mark Ruffalo

Elijah Wood

Sinopse:
Joel (Jim Carrey) e Clementine (Kate Winslet) formavam um casal que durante anos tentaram fazer com que o relacionamento desse certo. Desiludida com o fracasso, Clementine decide esquecer Joel para sempre e, para tanto, aceita se submeter a um tratamento experimental, que retira de sua memória os momentos vividos com ele. Após saber de sua atitude Joel entra em depressão, frustrado por ainda estar apaixonado por alguém que quer esquecê-lo. Decidido a superar a questão, Joel também se submete ao tratamento experimental. Porém ele acaba desistindo de tentar esquecê-la e começa a encaixar Clementine em momentos de sua memória os quais ela não participa.

Resenha || Outlander #2 - A libélula no âmbar | Diana Gabaldon


Outlander #2 – A Libélula no âmbar

Diana Gabaldon

Gênero: Fantasia/Ficção
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 935
Edição: 2016
Avaliação: ★★★★ ★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo depedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... e sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII.O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?                                                         
Você, leitor, que não leu o livro 'Outlander: A viajante do tempo' e não assistiu a série, já te aviso que a resenha contém SPOILER do primeiro livro (Leia a resenha AQUI). Então se você não quer saber sobre o enredo, apenas a opinião, pule direto para a crítica do livro (depois da primeira imagem).

Outlander, escrito por Diana Gabaldon, é uma série de livros que narram a estória de Claire e sua viagem através de pedras megalíticas na Escócia, cerca de 200 anos antes do seu tempo. Como vimos, no primeiro livro, Claire Randall viaja em lua de mel com seu marido Frank Randall. É nessa viagem que tudo sai do seu controle: uma viagem pelo tempo a faz viver as maiores aventuras. E é aí que não vou revelar para vocês o desfecho maravilhoso do livro I.
"Corri os dedos pelos cabelos, frustrada. Não havia nada a ser feito até de manhã. Caso a manhã chegasse e Jamie não, então eu poderia começar a percorrer as casas de supostos conhecidos e supostos amigos, um dos quais poderia ter notícias ou ajuda a oferecer. Mas àquela hora da noite, eu estava de mãos atadas; impossibilitada de me mexer, como uma libélula no âmbar." p. 341
Cerca de vinte anos após o que havia acontecido com Claire, ela e a sua filha Brianna encaram a perda de Frank. A filha de Claire é linda, puxou ao pai: alta, ruiva e linda, muito linda mesmo! Agora a sua maior tarefa e cuidar de sua mãe.

A Diana sempre nos surpreende, da mesma forma que no primeiro livro, somos transportados para o passado: A Claire narra para sua filha Brianna como conheceu o pai dela, todos os detalhes são dados a ela. A  exemplo de como Jamie ficou sabendo da sua gravidez, e que também ela era uma viajante do tempo.

O casal faz uma viagem até a corte francesa. Em um longo flashback, nos damos conta dos grandes desafios enfrentados por Claire e Jaime, em que tentam acompanhar o jogo político ocorrido durante o reinado do de Luís XIV, ao mesmo tempo em que eles tentam salvar a sua pele do temido Black Jack. Para quem não lembra, no primeiro livro esse mesmo homem perseguia a cabeça de Jamie (por ser considerado um “assassino”).

Resenha || A Garota Italiana | Lucinda Riley | Editora Arqueiro

A Garota Italiana

A Garota Italiana

Lucinda Riley

Título original: The Italian Girl
Gênero: Romance, drama
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 464
Edição: 2016
Avaliação: ★★★
* Livros cedidos em parceria com a editora 
Sinopse: Aos onze anos de idade, Rosanna Menici conhece o cantor Roberto Rossini, uma estrela em ascensão no mundo da ópera italiana - e o homem que mudaria sua vida para sempre. Incentivada - e apaixonada - por ele, Rosanna passa a se dedicar ao estudo do canto lírico, torna-se cantora profissional, e logo os dois se encontram nas salas de concerto mais famosas do mundo, dividindo não só o palco como também o mesmo destino. Com seu talento incomum para descrever ambientes e evocar sensações e sentimentos universais, Lucinda Riley nos leva a acompanhar a trajetória de Rosanna, desde os bairros pobres de Nápoles até os teatros mais glamourosos do planeta, trazendo à tona, com sua prosa inconfundível, as alegrias, tristezas, frustrações, decepções e redenções do amor.
Rosanna Menici tem 11 anos e vive com a família em uma pequena cidade da Itália, sempre à sombra da irmã mais velha, Carlotta, uma moça linda e exuberante que recebe sempre a atenção de todos. Mas em uma noite de comemoração todas as atenções vão para a pequena e desengonçada Rosanna, quando essa abre a boca para cantar Ave Maria para sua pequena platéia.

Impressionado com a performance daquela menina, Roberto Rossini  acredita ter descoberto um pequeno tesouro para o mundo da ópera, sendo ele mesmo uma estrela em ascensão. A bela voz de Rosanna só precisaria ser treinada, lapidada, e logo logo o mundo seria pequeno para o seu talento.

Encantada com as palavras de Roberto e com toda atenção que recebeu, naquela noite a pequena Rosanna  escreve em seu diário: Um dia eu vou me casar com Roberto Rossini.

"Vamos esquecer as coisas ruins e recordar apenas as boas, pois somos humanos, e é assim que conseguimos viver." p. 462
Alguns anos depois Rosanna vê todos os seus sonhos se tornando realidade. Graças ao seu irmão Luca, grande incentivador do seu talento, e de seu professor de canto, agora a jovem está cantando na maior companhia de ópera da Itália, como sempre sonhou. 

Além de sua voz, a beleza de Rosanna também aflorou, agora uma moça muito bonita que chama atenção por onde passa. Roberto Rossini, assim que reconhece a menina que "descobriu" naquela mulher feita, investe seu charme e autoconfiança para conquistá-la. 

Mas será que Rosanna irá se deixar levar pelas palavras de Roberto, que tem uma fama terrível com as mulheres? Ela prometeu que não cairia em suas garras, mas acredita que seu amor por ele, que começou aos 11 anos, só cresce, e nunca terá fim.

A Garota Italiana é um drama que possui uma premissa interessante, porém não foi tão bem trabalhado em se tratando de romance e personagens.

Review || Chicago Med | Universal Channel


Olá, leitores e leitoras, tudo bem com vocês?
A review de hoje é da série Chicago Med, que é o segundo spin-off da série Chicago Fire. Foi criada por Dick Wolf e Matt Olmstead, exibida no Brasil pelo canal Universal Channel e no canal de TV aberta Rede Record. Já está confirmada a segunda temporada.

O elenco principal é formado por:
Nick Gehlfuss como Dr. Will Halstead
Yaya DaCosta como April Sexton
Torrey DeVitto como Dr. Natalie Manning
Rachel DiPillo como Sarah Reese
Colin Donnell como Dr. Connor Rhodes
Brian Tee como Dr. Ethan Choi
S. Epatha Merkerson como Sharon Goodwin
Oliver Platt como Dr. Daniel Charles

Por se tratar de um spin-off em determinados episódios há participações de personagens da série Chicago Fire e Chicago P.D. Porém, não é necessário assistir a nenhuma das séries para compreender a história, mas recomendo, pois são muito boas.

Will Halstead é chefe residente do pronto socorro, irmão do detetive Jay Halstead (Chicago P.D). É um dos personagens que mais dá trabalho no hospital, pois muitas vezes sua opinião pessoal interfere na maneira de tratar um ou outro paciente. É evidente sua conexão com a Dra. Natalie que está grávida do seu falecido marido que servia o exercito.

Sharon Goodwin é a diretora do hospital, constantemente a mesma se depara com situações inusitadas entre seus funcionários, e muitos casos envolvem pacientes. Goodwin e Will vivem em uma constante briga.

Resenha || Triangulo de 4 lados | Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa | Editora D'Plácido


Triângulo de 4 lados

Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa

Gênero: Romance juvenil
Editora: D'Plácido
Número de Páginas: 319
Edição: 2015
Avaliação: ★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Unhas mal pintadas de preto e camisas de bandas. Ela ama O Diário de Bridget Jones, chocolate, e a banda Misfits. Odeia trovões, lágrimas, e ser chamada de criança. Sara Alcântara tem 17 anos e, como qualquer garota de sua idade, tem um relacionamento de amor e ódio com a mãe, com seus estudos, e com a própria vida. Ama suas amigas, que são seu suporte, e sua base. Tira boas notas na escola, por obrigação, mas deseja ser artista, porque pintar é sua verdadeira vocação. Até aquela paixão adolescente, platônica, ela possui. Ele tem nome, sobrenome, e grau de parentesco. Rodrigo Guano é seu primo, e sonho de consumo de toda a população feminina da pequena cidade de Santa Fé, onde moram. Tudo muda quando ele a beija pela primeira vez. Então o mundo pode acabar, regimes podem cair, terremotos podem engolir a terra em rachaduras intermináveis, e Sara ainda estaria feliz. Ou assim ela pensa ser, até que viaja para Paris, para passar as férias. Quando volta, tudo está diferente, inclusive ela. Sara se vê inserida num triângulo amoroso... Ou seria um quadrado?
Vocês conhecem 'Quadrilha' de Drummond?!
João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém.
Pois é, 'Triangulo de 4 lados'  tem uma premissa que lembra muito o poema de Carlos Drummond de Andrade. Brent gosta de Sara que gosta de Rodrigo que gosta de muitas. E ainda tem Matheus no meio dessa história.

'Triangulo de 4 lados'  é um daqueles romance juvenis focado exclusivamente na relação amorosa desses quatro personagens. O livro até aponta outras questões, mas tudo fica na superfície, não havendo aprofundamento, o que acaba deixando os personagens pouco interessantes.

A obra é ambientada em Santa Fé, Minas Gerais. Narrado em primeira pessoa, pelos quatro personagens principais, em capítulos alternados, sendo Sara a personagem que tem mais voz. Bom, Sara é uma jovem de 17 anos que desde sempre é apaixonada pelo primo Rodrigo. Brent, americano, é o meio irmão de Rodrigo e desde sempre é apaixonado por Sara. Já Rodrigo sabe que Sara é apaixonada por ele, mas sempre disfarçou os sentimentos que nutria pela prima, porém lá pelas tantas acaba se descobrindo apaixonado.  Matheus é o cara que aparece para complicar ainda mais essa história.