Lançamento || Whatsuper | curadoria no Whatapp

Vocês já conhecem o Whatsuper? Não. Sim! Para quem ainda não conhece, deixa eu apresentar. O Whatsuper é uma comunidade dentro do Whatapp de curadoria de conteúdos culturais. No último dia 20/01 foi o lançamento.

É um projeto que ainda está no inicio, mas tem tudo para ser um grande sucesso. Whatsuper tem uma proposta bem interessante, por isso nos tornamos parceiros. Abaixo deixo mais informações. Vocês também podem acessar site ou a página do Facebook.


ENTENDA

O Whatsuper é uma comunidade para viciados em música, cinema e literatura. Uma comunidade dentro do aplicativo Whatsapp. Exatamente! Você entra num grupo, recebe notícias, críticas, ensaios, recomendações do mundo das artes: filmes clássicos e novos, músicas, bandas, cantores, livros etc. Além disso, você também pode participar de desafios de escrita e indicações para ganhar medalhas e trocar por prêmios, e concorrer a R$400,00 reais mensalmente. Tudo isso em contato com pessoas que possuem o mesmo gosto que você (ou não, e isso também é bom!).

5 razões para ler A Espada de Shannara || Série Shannara | Terry Brooks


A Espada de Shannara

Terry Brooks

Título Original:The Sword Of Shannara
Tradução:Ana Cristina Rodrigues
Gênero: Fantasia
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 544
Edição: 2014
Avaliação: ★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Há muito tempo as Grandes Guerras do Passado arruinaram o mundo. Vivendo no pacífico Vale Sombrio, o meio-elfo Shea Ohmsford pouco sabe sobre esses conflitos. Mas o Lorde Feiticeiro, que todos julgavam morto, planeja regressar e destruir o mundo para sempre. A única arma capaz de deter esse poder da escuridão é a Espada de Shannara, que pode ser usada somente por um herdeiro legítimo de Shannara. Shea é o último dessa linhagem e é sobre ele que repousam as esperanças de todas as raças. Por isso, quando um aterrorizante Portador da Caveira a serviço do mal voa até o Vale Sombrio, Shea sabe que começará a maior aventura da sua vida.

1. É para os fãs de Tolkein. Ou talvez não.
A Espada de Shannara é uma fantasia que tem inspiração no universo criado por Tolkein. No entanto, eu preciso ressaltar que Terry Brooks consegue criar uma identidade literária própria. Há pontos de interseção entre as duas narrativas de Senhor dos Anéis e A espada de Shannara, não vou negar. Mas o que realmente fica é que é uma obra bem escrita. O autor se esmera nas descrições. Em alguns momentos ele exagera. Mas acho que esse gênero exige que os autores dedique um tempo maior na descrição de pessoas, das criaturas, dos lugares, etc. E é isso que o leitor vai encontrar nesse livro. Há descrições detalhadas das criaturas, das lendas, das guerras antigas e da própria espada. Terry se dedica com muita atenção a absolutamente tudo.

Resenha || O Último Rei do Rock | Carlos Maltz | Editora Belas Letras


O Último Rei do Rock

Carlos Maltz

Gênero: Ficção
Editora: Belas Letras
Número de Páginas: 375
Edição: 2015
Avaliação: ★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse:
Como é viver à sombra de um mito? Ou, pior, de um legítimo rei do rock: John Lennon. Essa é a sina de Juan LMK, que pelos desígnios do acaso nasceu no mesmo dia, hora e hospital onde morria o gênio dos Beatles. Estamos em 2020, e a banda de Juan, a Paralelepípedos do Óbvio, está decadente e vive das migalhas que caem das mesas dos últimos fãs, quando Juan recebe um convite absurdo e inesperado: tornar-se o garoto propaganda de um novo produto que vai mudar a história da humanidade, o primeiro implante nano-neural para a expansão da inteligência. Juan tem a oportunidade de se tornar o que sempre sonhou em segredo: mais famoso do que John Lennon. Em sua estreia na ficção, o baterista e fundador da banda Engenheiros do Hawaii apresenta, com um olhar psicodélico, irônico e revolucionário, personagens forjados de duas matérias-primas distintas, ou “anjos com um diabo dentro”. Qual delas falará mais alto nesta odisseia do rock? Qual delas fará a diferença na sua vida?

"É algo totalmente novo. Uma revolução! Uma nova era na inteligência artificial. E na história da humanidade sobre este planeta". 

O Último Rei do Rock foi escrito por Carlos Maltz e é uma Ficção que se passa em 2020. Época não tão distante da que estamos vivendo, porém tudo é diferente – bem mais tecnológico.

A história é narrada em primeira pessoa pelo protagonista Juan LKM – em um futuro distante que não é mencionado. É como se Juan constasse toda a sua história para uma biografia. Esse começo é bem confuso.  Mas, vamos lá.

Oito de dezembro de 1980, Nova York, John Lennon foi assassinado com um tiro. Nesse mesmo dia, horário e no mesmo hospital em que o rei do rock era atendido nascia Juan Lennon K. M – Juan LKM – além do nome tinha muito em comum com esse ícone.

Resenha || Os Caçadores de Nuvens | Alex Shearer | Farol Literário


Os Caçadores de Nuvens

Alex Shearer

Gênero: Infantojuvenil
Editora: Farol Literário
Número de Páginas: 312
Edição: 2014
Avaliação: ★★★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse:
Em um mundo dominado pela conformidade, os caçadores de nuvens são figurasexcêntricas, que vivem à margem. Para Christien, eles representam aventura e independência, tudo aquilo com que elesempre sonhou. Os caçadores de nuvens éuma história rica e cativante sobre um garotoque vai em busca daquilo que o move e que o guiará pelo resto da vida...


"Os caçadores de nuvens [...] eram eternos viajantes dos céus, que ali nasciam, ali viviam e ali morriam. Eram criaturas de outro elemento, diferentes do resto de nós, com nossos pés tediosos bem fincados no chão sólido e firme Tinham nascido para ascender aos céus, para serem livres". 

Em uma época longínqua, o planeta que habitamos atualmente não existe mais, o que existe são diversas ilhas celestes – que nada mais são do que fragmentos da antiga Terra arremessados na atmosfera – bem, ao que tudo indica o núcleo do nosso planeta entrou em erupção e acabou dividindo-o em muitas ilhas.

A partir de então, os sobreviventes vivem em condições bem diferentes das nossas. A água, por exemplo, não é mais vista em rios e lagos, nem no mar, e a única maneira de obtê-la é pelas chuvas ou comprando-a dos Caçadores de Nuvens.  

Resenha || O Feiticeiro de Terramar | Ursula K. Le Guin | Editora Arqueiro

O Feiticeiro de Terramar

O Feiticeiro de Terramar

Ursula K. Le Guin

Título original:  A Wizard of Earthsea
Gênero: Fantasia
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 176
Edição: 2016
Avaliação: ★★
Sinopse: Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem chamado Gavião. Este livro narra as aventuras de Ged, o menino que um dia se tornará essa lenda. Ainda pequeno, o pastor órfão de mãe descobriu seus poderes e foi para uma escola de magos. Porém, deslumbrado com tudo o que a magia podia lhe proporcionar, Ged foi logo dominado pelo orgulho e a impaciência e, sem querer, libertou um grande mal, um monstro assustador que o levou a uma cruzada mortal pelos mares solitários. Publicado originalmente em 1968, O feiticeiro de Terramar se tornou um clássico da literatura de fantasia. Ged é um predecessor em magia e rebeldia de Harry Potter. E Ursula K. Le Guin é uma referência para escritores do gênero como Patrick Rothfuss, Joe Abercrombie e Neil Gaiman.
O Feiticeiro de Terramar nasceu depois de uma proposta feita pelo editor da autora, que pediu que ela escrevesse algo voltado para os jovens. Sua primeira reação foi negar o pedido, pois ela não escreveria pensando na idade de quem leria, mas pensando melhor ela resolveu arriscar e escrever algo para todas as idades, mas de um gênero que os jovens amavam na época: fantasia.

Mas ela precisava de um mago em sua história; de um personagem que poderia tocar melhor os leitores, se aproximar deles. Então veio sua ideia: os grandes magos da literatura fantástica são velhos, barbudos e corretos, certo? Mas antes de se tornarem quem são, eles precisaram de um inicio, um começo. E foi dessa reflexão que nasceu também o protagonista desse livro, Gavião.