Vamos viajar nas asas da imaginação?

Que tal viajar para o Japão nas páginas de um bom livro?


Minha dica de livro para hoje é: Kappa e o Levante Imaginário  do escritor Ryunosuke Akutagawa, mestre japonês da narrativa breve.

Kappa e o Levante imaginário promove um sobrevoo pela obra de Akutagawa, trazendo ao leitor contos inéditos no Brasil, como Inferno, O dragão e Rodas dentadas, entremeados por novas traduções de contos célebres da narrativa japonesa moderna, como Rashomon e o controverso Kappa.

Último de seus contos publicados em vida, Kappa gerou polêmica e diversas interpretações da crítica e do público. A partir do divertido relato de um homem internado em um sanatório, no qual este desvenda suas peripécias pelo mundo dos kappas — curiosas criaturas do folclore japonês —, Akutagawa elabora uma crítica mordaz à moderna sociedade nipônica. Acompanham Kappa outros dez contos que matizam esta coletânea com os diferentes temas por onde perambulou a pena virtuosa do autor. Do Japão do Período Heian à Tóquio moderna, da ironia e do humor ácido ao texto introspectivo e melancólico, muitas vezes de mãos dadas com o elemento fantástico. Autor de textos divertidos e bem-humorados como A mágica e O nariz, o mestre japonês consegue chegar às raias do horror, como em Inferno. Seus textos inspiraram toda uma geração de artistas, como Akira Kurosawa, que em 1950 filmou Rashomon (película que se inspira no ambiente do conto homônimo e tem o enredo baseado em No matagal, que também integra o presente livro).

Um pouco da autor

Ryunosuke Akutagawa nasce em Tóquio, em 1892, filho de Toshizo Nilbara.
Com forte pendor para a literatura desde a juventude, em 1913 ingressa na Universidade Imperial de Tóquio, onde estuda literatura inglesa e se destaca por seu brilhantismo. Nesse período começa sua fértil produção, centrada nas narrativas breves; Rashomon, seu primeiro sucesso, surge em 1915. No mesmo ano, entra para o círculo literário de Natsume Soseki, que seria seu grande incentivador e exerceria uma influência indelével sobre sua carreira.

A partir de 1921, sua saúde física e mental entra em declínio. Sofre de abatimento nervoso, problemas gastrointestinais, passa a ter alucinações. Em 24 de julho de 1927, sucumbe à depressão e se suicida. Seu nome entraria para a história da literatura mundial e, a partir de 1935, batizaria o prêmio literário mais importante do Japão.
Quer sentir um gostinho da obra?

Trechos
Antes de prosseguir, porém, preciso explicar-lhes melhor a respeito dos kappas. Como sabem, o kappa é um animal cuja existência é posta em dúvida até hoje, mas acredito que já não haja motivo para isso, pois eu mesmo vivi entre eles.” (pág.29)

Aqui termino minha confissão. De qualquer maneira, eu sabia que acabaria um dia pendurado pelo pescoço em algum galho de árvore. Portanto, dai-me logo a pena máxima.” (pág. 296)

352 páginas, 14 x 21 cm
ISBN: 978-85-7448-193-7
Preço: R$ 47,00
Fotos: divulgação

Beijos!



3 comentários:

  1. Thanks for some quality points there. I am kind of new to online , so I printed this off to put in my file, any better way to go about keeping track of it then printing?

    ResponderExcluir
  2. Valuable info. Lucky me I found your site by accident, I bookmarked it.

    ResponderExcluir
  3. My cousin recommended this blog and she was totally right keep up the fantastic work!

    ResponderExcluir