Resenha de Um Caso Perdido

Olá! Sua a Nilda. Hoje a minha fala é curta.  Apresento a vocês a nova colunista, Amanda Melo. Espero que todos a recebam com muito carinho.

Bem-vinda, Amanda! Espero que você seja feliz aqui. Que seu trabalho, seu amor pelos livros lhe renda bons frutos. Sucesso, Amanda! “Que a força esteja com você.”

Com vocês, Amanda =D

Um caso Perdido
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Ano: 2014
Série: Hopeless 
Gênero: Ficção estrangeira
Páginas: 384
ISBN: 9788501403940
Comprar: Saraiva | Submarino | Travessa

Sinopse
Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.


Sky é uma menina inusitada, isso porque ela tem 17 anos e vive desconectada do mundo. A sua mãe adotiva, a Karen, criou ela em casa, longe da televisão, internet, celular e amigos. A sua única e melhor amiga é a Six.

Six é descolada e popular, sempre teve a atenção que queria, mas o seu amor maior mesmo é por Sky, a amizade das duas é algo lindo de se ver. Teimosa e astuta, Six insiste muito para que Sky possa estudar em uma escola e ser uma garota normal, sem tanta proteção.

Karen fica apreensiva, mas sabe que não pode privar a filha do mundo la fora e concede o desejo. As coisas estão indo muito bem, até que Six ganha um intercâmbio para Europa e vai passar alguns meses lá.

Sky fica perdida por que vai iniciar o ano letivo sem a sua melhor amiga, e encarar algo nunca visto antes, a escola... as pessoas... Em seu primeiro dia de aula, ela fica surpresa, por ser tão popular. Nossa... Isso mesmo! Aquilo que todos querem... A tão sonhada popularidade. Quer saber o motivo?

O motivo real da sua popularidade é que Six e ela costumavam levar garotos para o quarto. Não que elas sejam piranhas, mas elas eram “safadinhas”. Sky é tímida, mas atrai a atenção de todos os garotos, veteranos e novatos. O que ela não sabe é que Dean Holder é o mais novo bad boy da escola.

O sentimento começa a florescer ao mesmo tempo que a tensão entre esses dois é muito grande. A menina se sente atraída por ele mas tem medo (chega até arrepiar os cabelos da nuca!) Holden é misterioso e muito gato... E acima de tudo, apaixonado por Sky. O que será que vai acontecer com esses dois? E a mãe de Sky, Karen, por qual motivo ela é tão protetora com a filha?


Um caso perdido é um livro encantador, envolvente, realista, delicioso de se ler e impossível de largar. Cada página é uma surpresa para quem o lê. Acompanhamos dois aspectos da estória, o relacionamento conturbado entre Karen e Sky, principalmente por não saber o motivo que leva Karen a fazer isso e o romance entre Sky e Holden.

A autora aborda um tema impactante com muita maestria e não é nada clichê. As personagens principais são construídas com uma intensidade e leveza que chega a serem reais. É impossível não torcer por Sky, e principalmente pelo seu passado obscuro.

A capa diz muito do enredo e “casa” muito bem com uma cena da narrativa. A diagramação e as páginas amareladas dão um toque de sutileza e mistério para o livro. Algo que deixa a desejar é a tradução para o título que não combina com a estória vivida por Sky.

É um romance suspense que instiga e convida o leitor a não parar a leitura. Houve momentos que entrei em pânico, já outros relaxei com cenas descontraídas. Depois de algumas pesquisas, fiquei feliz por saber que o livro não tem continuação, Losing Hope é apenas a estória contada na visão de Holder.

Collenn Hoover tem uma escrita magnífica e despretensiosa. Poucos são os autores que conseguem desenvolver naturalmente essa habilidade. Recomendo o livro para os leitores que amam romances envoltos de suspense.


0 comentários:

Postar um comentário