Resenha | Uma Canção para a Libélula I


Livro: 
Autora: Juliana Daglio
Editora: Deuses
Edição: 1ª
Páginas: 216
Comprar: Amazon
Era uma comum primavera numa fazenda qualquer, mas um encontro inusitado aconteceu: a Menina e a Libélula se viram pela primeira vez. Assombrada por um medo irracional da Morte, a Menina é marcada por esse encontro para o resto de sua vida. Compõe então uma canção em seu piano, homenageando a misteriosa libélula. Os anos se passaram, Vanessa vivia em Londres e tinha a vida cercada por seu iminente sucesso como pianista, porém, algo aconteceu, mudando seu destino: Uma doença, uma viagem e um reencontro. Vanessa precisará encarar fantasmas que sequer lembrava um dia terem assombrado sua vida, tendo de relembrar a morte do irmão e reviver seu conflito com a mãe. E mais importante e mortal, conhecer a grande antagonista de sua vida, a quem chama de Vilã Cinzenta. De Londres a São Paulo, dos Palcos aos Lagos. “Uma canção para a Libélula” é a história de uma alma perdida e de sua busca por quebrar o casulo de sua existência, para só então compreender o sentido da própria vida. Este livro é um profundo mergulho em uma mente nebulosa, permeada por lagos obscuros e pela inusitada morte; não havendo sequer esperanças.

Uma canção para a Libélula traz a história de Vanessa, uma pianista prodigo, que desde muito pequena já tocava piano com ninguém.

A narrativa inicia com Vanessa em Londres, onde vive com a tia, a quem considera sua mãe. O livro é narrado pela voz da protagonista Vanessa. 

Vanessa é uma jovem com uma carreira brilhante, com vários concertos agendados. Além disso, ainda tem um belo namorado e um pedido de casamento.

No entanto, nada disso parece deixar Vanessa feliz. Primeiro porque ela não pensa em casar, não acreditar amores para sempre. Segundo, a vida de artista famosa não lhe agrada nem um pouco. Ela detesta os cumprimentos decorados, os beijos frios, os abraços sem emoção nos coquetéis dos concertos. Vanessa, na verdade, usa uma mascara da felicidade, mas por dentro só quer mesmo ficar as sós com suas partituras.

Aos poucos ficamos sabendo o motivo de Vanessa não morar com a família em São Paulo. Ela tem pai, que a amor muito, um irmão e a mãe, Valéria, que já no inicio do livro percebemos que as duas não se dão nada bem.

Uma ligação do pai faz com que Vanessa voltasse ao Brasil. E aí tudo começa a ficar mais escuro na vida da protagonista. A mãe a recebe com indiferença. E, além disso, acontecem várias cenas desagradáveis que só prejudica mais a relação da mãe e filha.

Uma canção para a Libélula é um livro que desmonta tudo que conhecemos sobre relação de mãe e filha. Ou será que são só estereótipos maternos?

Mas mais do que isso, Uma canção para a Libélula é um livro sobre pessoas que precisam de ajuda profissional. Pessoas corroídas por culpas. O livro traz questões fortes como a depressão e suicídio. Vanessa está doente. A mãe está doente. E acredito que o pai e, até mesmo o irmão estejam doentes.

Juliana Daglio aborda todas essas questões com muito cuidado. A autora vai introduzindo aos pouco, como se fosse mesmo o processo da doença. No inicio, a gente percebe que algo estar errado porque os sonhos da Vanessa nos indica isso. A necessidade de se isolar de Vanessa não é só uma questão de personalidade.

A autora usa os sonhos como metáfora para falar de suicídio, de depressão, sempre no inicio dos parágrafos. E tudo vai se intensificando até chegar ao fundo do poço de toda a família, mas principalmente de Vanessa.

Uma canção para a Libélula é um daqueles livros que nos faz refletir sobre vários aspectos da nossa vida. Na nossa cultura estamos acostumados achar que mães são leoas que estão sempre prontas a defender os filhotes, mas até as leoas adoecem. As leoas também rejeitam os filhotes. Também achamos que carreira profissional é sinônimo de felicidade e nem sempre é assim.

Estou ansiosa para ler Uma canção para a libélula II. Quero muito saber quando acabam os dias cinzentos de Vanessa, pois ela merece dias de sol.

Fiquem com um gostinho da parte II do livro


Uma Canção para a Libélula, parte II

Capa, divulgação

Sinopse:

Um segredo antigo, uma alma conturbada, uma comprida escada. Valéria agora está de frente com a verdade e com uma velha amiga, a Loucura.

Depois de um final aterrador, Uma Canção para a Libélula - parte I, deixou leitores ansiosos pela sua continuação. A história da jovem pianista Vanessa, e sua luta contra a Vilã Cinzenta, conquistou corações pelo Brasil inteiro e agora tem seu desfecho. A Menina que se encontrou com a Libélula viveu um sofrimento extremo, mergulhando em sua alma obscura para nos contar sua história.

Dentro de um casulo escuro os segredos permeiam, envenenando toda a existência dessa família marcada por uma morte precoce. Diante das rachaduras há uma descoberta incrível: asas de diamante, um voo alto em meio às nuvens de um entardecer cor de algodão doce, e o encontro mais importante de uma existência.   

Seja forte agora, mas não contenha suas lágrimas. Ouça a Canção até o final. 


0 comentários:

Postar um comentário