Resenha | O retorno de Elizabeth Torny | Tatyane Nicklas


O retorno de Elizabeth Torny

Tatyane Nicklas

Título Original:
Editora: Tribo das Letras
Número de Páginas: 217
Ano: 2015
Avaliação: ★★★
Sinopse: Os moradores da pequena cidade de Palmertorny escondem um terrível segredo por vinte anos, mas com a chegada de uma bela jovem paranormal esse segredo está ameaçado e a punição pelo mal que causaram no passado está por vir. Acordar de uma noite de pesadelo, pode significar vivê-los, Elizabeth Torny, não nasceu assim, a tornaram assim. Dizem que o amor liberta-nos da dor, de toda mágoa e todo rancor, dizem. Elizabeth Torny, a chave entre a vida e a morte, o sonho e a realidade. Não procure saber da verdade. Envolvente e excitante O Retorno de Elizabeth Torny, traz uma história cheia de suspense e drama, mas com boas pitadas de humor e sem faltar um bom e atribulado romance.

O retorno de Elizabeth Torny traz a história de vingança da personagem título. Há 15 anos a família Elizabeth foi massacrada por pessoas gananciosas. As mesmas pessoas que, no passado, a família havia os acolhido. A única sobrevivente foi a pequena Elizabeth. Agora ela volta para se vingar de todos.

A narrativa inicia com Elizabeth chagando à cidade de Palmertorny de ônibus, onde conhece Edward e Lyus, personagens importantes na trama. Edward força uma aproximação que chaga ser irritante. Ele fica complemente atraído pela moça. 

Edwrd também é vítima de uma tragédia familiar. O pai matou o irmão, quando este tentava defender a mãe da agressão do pai.  A mãe entrou vive  em profunda depressão, além de ter perdido a visão.

Elizabeth se hospeda no único hotel da cidade, que é gerenciado por Whisper, uma mulher de caráter questionável. Elizabeth desperta a curiosidade de Whisper. A mulher avisa ao prefeito sobre a estranha hóspede.  A cidade de Palmertorny não costume receber turistas. É uma cidade isolada. 

Além de Whispert, outra moradora de Palmertorny, Jennifer, não simpatiza com Elizabeth.  Jennifer é apaixonada por Edward.

O retorno do Elizabeth é um livro que aborda o tema paranormalidade.  Elizabeth descende de uma família com poderes especiais. Os desejos de Elizabeth se realizam. A questão da raiva, do ódio e do desejo de vingança de Elizabeth, me fez lembrar de Carrie, de Stephen King.  

É um livro, relativamente, curto, com 217 páginas, em uma linguagem simples, que proporciona uma leitura rápida. Em alguns momentos, o livro tem um toque de humor, o que não me agradou, pois soou um pouco forçado, principalmente, nas primeiras páginas. Confesso que só me conectei com a leitura nos momentos em que não havia o uso dessa figura de linguagem. 

Devo ressaltar que gosto de histórias sombrias, e imaginei que esse livro seria assim, mas respeito a escolha estilística da autora Tatyane Nichlas, pois deve agradar aos leitores que curtem narrativas mais leves, que não chegam a ser do gênero terror. 

Nas primeiras páginas, o personagem Edward tem umas atitudes, no mínimo, esquisitas. Como, por exemplo, pedir para Elizabeth, uma pessoa desconhecida, subir em seus nos ombros, para ela olhar a cidade do alto, pelo que entendi. Achei essa cena muito forçada e que não condiz com a personalidade arrisca de Elizabeth.

Outra coisa: Elizabeth é quem deveria ser a estranha, a esquisita, mas Edward é quem me pareceu mais esquisito, por forçar demais uma aproximação com Elizabeth. Para mim, o melhor momento do livro é quando os acontecimentos do passado de família de Elizabeth são narrados. 

Elizabeth é implacável na realização da sua vingança. Há crueldade nas ações de Elizabeth, mas o moradores de Palmertorny também foram muito cruéis no passado. 

Uma ótima escolha, da autora, foi a interação entre Elizabeth e a personagem Jhenesy. Acho que elas funcionam muito bem juntas.  Espero vê-las interagindo mais na continuação da narrativa. Sim, leitores, teremos o livro 2: Elizabeth Torny: os cinco segredos.

Por fim, ressalto outras questões importantes problematizadas em O retorno do Elizabeth preconceito, ingratidão e ganância. 

0 comentários:

Postar um comentário