Resenha | Precisava de você | Pedro Guerra | Editora Belas-Letras


Título: Precisava de você
Autor: Pedro Guerra
Editora: Belas-Letras
Páginas: 224
Livro cedido pela Belas-Letras
Sinopse: 
Então está aqui tudo o que eu guardei por algum tempo. A partir de agora eu pretendo escrever, desde o começo, a nossa história (se é que eu posso chamar assim). O nosso (des)romance. Acho que a melhor maneira de se livrar de alguma coisa (neste caso, de alguém) é colocando para fora. Então é isso que eu vou fazer. Eu vou te exorcizar de mim. Que droga. Que droga, Gabriel Vegas. Eu gostava de você pra caramba.

Eu não estava muito entusiasmada com a leitura de Precisava de você, confesso. Eu havia folheado o livro e tinha achado linda a diagramação, que lembra muito os livros interativos, mas achei que o encanto parava por aí. No entanto, Precisava de você  é um livro com um final corajoso, digamos assim, e que acabou me conquistando.

Também devo confessar que as primeiras páginas de Precisava de você eu fiquei com muita raiva da protagonista e narradora. Eu me perguntava: Qual é a proposta do autor? Que linha de pensamento é esse? Não, não pode ser! As garotas dessa geração não podem ser tão idiotas. Cadê o amor próprio?  Bom, ainda bem que não desisti da leitura.  

Precisava de você é quase uma carta, em que Lola Tavares conta a história do seu desamor. Eu digo que é quase uma carta, porque há um destinatário. A narrativa toda é endereçada ao Gabriel Vegas, o rapaz por quem Lola se apaixonou.

Nessa quase carta, ficamos sabendo desde o dia em que Lola conheceu Gabriel e se apaixonou à primeira vista. Como foi a primeira vez que os dois se falaram. O primeiro encontro. Como Gabriel tratava Lola. Como Lola passou a se anular para ter algum tempo a mais ao lado de Gabriel (não façam isso, meninas).

Tudo isso que eu acabei mencionei, acima, foi muito difícil para eu aceitar. Lola ficou completamente desesperada pelo garoto e não me parecia nada crível. Gabriel teve sua parcela de maucaratismo, de imaturidade, mas como eu nunca gostei de culpar os outros pelas as decisões que eu tomo. Lola tomou suas próprias decisões. 

O autor colocou em perspectiva o fato de Lola ter 18 anos e Gabriel 17, como se isso fosse um grande diferencial. Mas, sinceramente, Lola me pareceu muito mais imatura do que Gabriel. Ou, no mínimo, uma menina que ainda sonhava com o príncipe encantado.

Lola é uma universitária, estagiária da agência de notícia da própria faculdade. Tem boas amizades. Seu melhor amigo um fofo. Ainda tem o namorado do melhor do melhor amigo, que no decorrer da história, também se torna seu amigo e que é muita gente boa. Aparentemente, Lola tem uma boa situação financeira. O problema é que ela queria desesperadamente um relacionamento, depositando expectativas de mais em uma pessoa que não havia lhe prometido nada. Até porque não houve tempo para um relacionamento.

Se o leitor conseguir passar dessa parte, em que Lola fica fantasiando uma relação, terá uma bela surpresa com Eu precisava de você. O final me agradou. Lola amadurece, mesmo deixando uma impressão de que, no fundo, Gabriel continuava lá. E que ainda sonha com um príncipe. Não vou me estender muito nas minhas impressões, pois vou acabar falando demais.

Para finalizar, só vou acrescentar que Precisava de você é uma leitura super rápida. Pedro Guerra tem um escrita fluída. A capa, feita em papel pardo, tem relação direta com a história. As ilustrações, que lembram anotações e desenhos de diário, também dialogam  na narrativa. É um livro para quem gosta de romances. 

0 comentários:

Postar um comentário