Resenha || O Coração do Leão | Mia Sheridan | Arqueiro


O Coração do Leão

Mia Sheridan

Título original: Leo
Gênero: Romance: New Adult
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 208
Edição: 2015
Avaliação: ★★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre. Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias. Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela está. Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás?
O Coração do Leão é o segundo volume da coleção Signos do Amor, iniciada com o livro A Voz do Arqueiro. Neste bonito romance somos apresentados a dois personagens marcados pelo passado que se conhecem em horríveis circunstâncias, mas o amor que sentem é mais forte e faz tudo valer a pena. Até uma promessa ser quebrada e suas vidas mudarem para sempre.
"Talvez eu seja um livro aberto, ou talvez o amor seja como uma lupa com a qual o dono do nosso coração enxerga o fundo da nossa ama." 

Evie e Leo foram mandados ainda muito jovens para um lar adotivo, onde se conhecem e logo constroem uma linda amizade baseada em confiança e muita cumplicidade. O passado de ambos é marcado por abuso, agressões e abandono; e ainda nos lares adotivos provisórios as coisas não são muito melhores. Eles se apoiam e unem forças para suportarem a situação.

Quando Leo, aos 15 anos, é inesperadamente adotado e precisa mudar para outra cidade, faz uma promessa a Evie. Quando ela fizer 18 anos, ele irá buscá-la para viver com ele e construírem uma vida juntos. Evie, que sabe que a probabilidade de ser adotada é baixíssima, se agarra à promessa de Leo e espera todos os dias por noticias dele. Durante 8 anos. O que será que aconteceu ao seu Leo? Por quê não cumpriu sua promessa nem mandou uma única carta? 8 anos se passaram desde a noite em que a promessa foi feita e selada com o primeiro beijo dos dois. 

Agora Evie tem 22 anos e dá conta de dois empregos para pagar seu aluguel e viver sua vida com dignidade. Não deve nada a ninguém e mora em um apartamento de dois cômodos, simples, mas seu lar. 
Por consequência da vida que teve ela aprendeu a perceber quando o perigo se aproxima e a julgar o caráter das pessoas. Ela também sabe que está sendo seguida há semanas por um homem misterioso. 

Ela enfim o enfrenta, e assim conhece o belo e enigmático Jake Madsen. Ele só precisou falar um nome para balançá-la. Leo. Jake diz que foi ele quem o mandou ali para ver como Evie estava. Se era feliz, se tinha uma família, onde morava...
O que será que esse belo e interessante homem de negócios quer com a simples e doce Evie? Por quê Leo o enviaria? E por quê ela se sente tão atraída por ele... como se algo a puxasse cada vez mais para perto dele, como se o conhecesse...


O Coração do Leão é um romance curto, com apenas 208 páginas, mas a autora conseguiu desenvolver muito bem a trama e seus personagens, focando principalmente no romance e nos traumas que eles viveram.

Depois de concluir a leitura do primeiro volume da coleção e ficar embasbacada com a desenvoltura da autora e a qualidade de sua escrita, mal pude esperar para ler esse livro, mesmo esse aqui possuindo uma trama e personagens diferentes. Continua uma boa leitura, rápida e envolvente; mas infelizmente não senti tudo aquilo que o primeiro volume me proporcionou.

O livro é todo narrado em primeira pessoa pela Evie, tanto os capítulos que narram o presente quanto os do passado. Nesse último o texto muda e é todo em itálico

Evie Cruise é uma protagonista engraçada, impulsiva e apaixonada pela vida. Educada em toda e qualquer situação e orgulhosa da vida que conseguiu construir desde que teve idade o suficiente para dar o fora dos lares adotivos.

Ela ainda sofre com o abandono por parte de Leo e a falta que ele fez durante os anos que passou sozinha, aguardando um sinal de vida. Mesmo tantos anos depois isso ainda a afeta imensamente, então quando Jake surge do nada aparentemente mandado pelo amigo para vê-la, as barreiras que ela construiu ao redor de seu coração são suavemente derrubadas por aquele desconhecido.

A atração deles é real e afeta a ambos. Logo estão física e emocionalmente envolvidos. Mas será que estão prontos para a força desse sentimento? E o que será que ele esconde? Porque veio até ali ela sabe... mas por quê continuar com ela, com tantas mulheres mais atraentes e endinheiradas fazendo fila por ele? Um homem tão lindo que a deixa sem fala. 

Eu gostei dos personagens que a autora apresenta nesse volume, dos protagonistas aos secundários. Principalmente por ela ter colocado o maravilhoso e muito utilizado clichê do melhor amigo gay. O Landon é o da Evie, e ele é muito, muito engraçado! Além de dar os melhores conselhos.

Como neste volume nem tudo são flores, alguns pontos da trama me incomodaram quanto leitora. A repetição de palavras e expressões foi meio exaustivo em muitos momentos. Repetir palavras pode servir para ênfase, sim, mas ao meu ver a autora exagerou, como se não soubesse usar as variações e etc. 

Outro ponto foi o romance. Existe um motivo para ter sido tão rápido, mas logo que ele surge é como se o livro todo girasse apenas em torno disso.

Além disso o mistério que a autora vai desenvolvendo não me surpreendeu. Na verdade só de ler a sinopse eu já sabia como a estória iria terminar. E eu estava certa. Foi muito bom acompanhar todo o desenrolar, sem sombra de dúvida, mas esperava que a autora fizesse uma reviravolta ali e me surpreendesse, o que não aconteceu. 

O final foi lindo e isso já é característico da Mia. Seus desfechos são os melhores e mais completinhos.  

Apesar dos pontos negativos já ressaltados, foi uma leitura tão gostosa e divertida que não pude dar menos de  4 estrelas. A autora pecou em alguns pontos, mas ela é realmente boa em criar uma trama viciante e fisgar o leitor a cada virar de páginas. 

Vale ressaltar também que, se tratando de um New Adult, possui algumas cenas de sexo. A autora descreve  muito bem essas cenas, mas ainda não é um livro que eu indico para menores de 16 anos.

A edição está bem simples, mas muito delicada. As lombadas mantêm um padrão e a desse é laranja. Encontrei alguns erros de revisão durante a leitura, mas nada grave. Leitura recomendada para os fãs de romances rápidos e divertidos com personagens carismáticos e cenas quentes. Quem leu e gostou do primeiro não pode deixar de conferir esse aqui também! 

Ps: Os livros da coleção são independentes, ou seja, não necessariamente precisam ser lidos em ordem. 

0 comentários:

Postar um comentário