Resenha || Amor Imortal | Ana Carolina KJ| Novo Conceito


Amor imortal

Ana Carolina KJ

Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 256
Edição: 2015
Avaliação: ★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Duas almas destinadas a se unirem para sempre. Após a morte de seu pai, Anna Bonnier tenta recuperar um pouco de sua felicidade ao viajar para uma estação de esqui com sua melhor amiga, Loreta. Entretanto, o que era para ser um simples passeio, acaba por se tornar um desafio sobrenatural. Anna conhece o enigmático Raziel e percebe uma forte conexão que vai além da realidade, sobretudo quando descobre que o sentimento que tem por ele atravessa os séculos. Aos poucos, a proximidade que constroem juntos traz novos riscos. O relacionamento amoroso que ela sempre desejou pode desaparecer de forma trágica, assim como o homem que abriu seu coração. Passado, presente e futuro caminham juntos nessa emocionante história de amor e sedução, em que a realidade é capaz de alterar, a qualquer momento, o destino de cada um deles.
"Assim que vi o seu rosto, a minha alma sorriu de novo. Uma luz no interior da minha memória se acendeu. Senti o amor ainda vivo em mim, um amor que tinha história. Almas gêmeas sofredoras lutando por uma chance, tropeçando em caminhos tortuosos, desafiando a escuridão. Apesar de tudo, eu sentia. Algo me dizia que nada disso era em vão."

O ano novo chegou e com muito estilo! É sempre bom começar o ano novo com uma leitura que agrada e, no final, não nos decepciona. E foi isso que aconteceu quando li o livro Amor Imortal, acabei ele no primeiro dia do ano novo. A leitura iniciou bem lenta, confesso, só depois deu um salto do meio para o final, talvez porque eu tenha vindo de uma ressaca literária. E ainda estava pegando o embalo. Ao ler outras resenhas desse livro, muitas destacavam sobre a estória ser rápida, apressada, mas confesso que não li nesse ritmo.

Sobre a estória...

Anna Bonnier acabou de perder o seu pai e está naquela fase terrível do luto. Na tentativa de animar a amiga, Loreta a convence de realizarem uma bela viagem, até a cidade de Aspen. Foi um pouco difícil tentar entender que elas estavam viajando, pois pareciam que eram moradores da cidade. Não senti a cinergia de quando realizamos uma viagem e tudo é novo, sempre é um mistério andar pelos locais que não conhecemos.

Em uma das andanças, as amigas conhecessem Marcos e Erick, dois caras bem misteriosos, mas sedutores. Na primeira conversa elas já aceitam sair com os caras para tomar um café e bater papo. Confesso que eu não iria. Imagina uma cidade que você não conhece, está visitando os lugares, uma cultura diferente e, o fato de apenas olhar para pessoa, já é motivo para sair? Kkk Não mesmo!

A parte boa é que Loreta está desconfiada demais para acreditar nesses dois caras. E o mais estranho é que eles a seguem em todos os lugares. Outra coisa: antes disso, ao terminarem de tomar café, elas aceitam também pegar uma balada. Anna acaba se deparando com Raziel e com uma sensação de que já conhecia aquele cara, porém não sabia onde havia visto.
"Seria possível? Eu poderia ser feliz novamente?"

Sem mais detalhes! O livro é ficção-sobrenatural e o tema central é o amor imortal, reencarnado em cada vida de Anna e Raziel. O problema é que existe uma diferença grande entre os dois. Você quer saber qual é? Então leia o livro! A dica que deixo aqui é: o nome dele já diz tudo.

Em seu primeiro livro, a autora Ana Carolina não deixou buracos na estória, o único momento em que senti uma paixão forçada foi entre Anna e Erick, já que ele despeja elogios sobre ela, faltou dizer logo que a amava! Mas isso não afetou a minha leitura, pelo contrário, me fez perceber que ele não era o par oficial das vidas passadas de Bonnier.

Todo o livro é narrado pela protagonista, apenas dois capítulos apresentam a estória de Raziel, sua vida e sentimentos...

Como todo romance sobrenatural,  cheio de magia, em relação aos lugares que as personagens se cruzam, Amor imortal não foi diferente. Conheci lugares históricos da cidade de Aspen, com uma mistura de romance de época, embalado pela agitação da cidade, gerando um contraste interessante. A descrição dos lugares, objetos antigos sempre me encantaram em relação a esse tema. E a autora conseguiu não deturpar o foco da obra.

Com uma escrita generosa, Ana Carolina nos dá a certeza que aqueles que querem conhecer romances sobrenaturais, sejam estórias de vampiros, anjos, lobisomens, demônios, enfim, sem dúvida é uma boa pedida para os iniciantes, e até mesmo os fanáticos por ficção.

O livro acaba e deixa com uma ideia de que haverá continuação, mas não tenham esperanças! Aproveitem o enredo e a capa maravilhosa, em uma ou duas tardes é possível terminar a leitura da obra.
"Demônio ou anjo. Vida ou morte. Azar ou sorte. Mesmo que eu não saiba quem és, confio em ti. Olhei fundo em seus olhos e vi o meu reflexo. Um ardor se espalhou em meu peito. Percebi que havia algo além de um simples encontro, algo inexplicável e familiar, como se a sua alma fizesse parte de mim."
Para complementar essa leitura, assisti ao book trailer e estou ansiando por uma continuação:


0 comentários:

Postar um comentário