Resenha || Labirinto de espelhos | Bárbara Negrão | Novo Século


Labirinto de espelhos

Bárbara Negrão

Editora: Novo Século
Selo: Novos Talentos
Gênero: Romance/Fantasia
Número de Páginas: 456
Edição: 2015
Avaliação: ★★★★★
* Livro cedido em parceria com a autora
Sinopse: Quando a estudante Eva Lins conhece o misterioso e sedutor Willian não imagina quais segredos ele podia esconder por trás de tanta beleza. Que ele é perigoso, ela pôde ver em seus olhos desde a primeira vez que se encontram, porém, a vontade de estar junto a ele é maior do que qualquer pressentimento que a jovem possa ter. Chocada pelas revelações, e ao mesmo tempo atraída e fascinada por todo o mundo novo que envolve Willian, Eva não se deixa intimidar e se entrega à história que promete ser a mais emocionante de toda sua vida, sem imaginar que mais mistérios estão para serem revelados.
























Quem não gosta de um enredo sobrenatural? Claro, um enredo baseado em uma mitologia original, mas que tenha algumas novidades. O livro que trago hoje para vocês é o Labirinto de espelhos, escrito pela autora Bárbara Negrão, lançado pela Editora Novo século, Selo Novos TalentosA estória narra a mitologia vampírica original, cercado por um romance entre um casal de mundos diferentes.


A nossa protagonista é a Eva, uma jovem linda que encanta a todos por onde passa, inclusive o seu melhor amigo Noah, mas ela não sabe que por trás dessa amizade, seu amigo a ama. Em um certo dia, nada convencional, ele resolve declarar tudo que sente por Eva. E, para sua má sorte, ela rejeita esses sentimentos. Então ele se vê obrigado a sair da cidade por algum tempo.

Certamente a Eva não contava com essa reação de Noah, mas ela não podia fazer nada, procurou ser honesta sobre o que sentia e não passava de um amor entre irmãos. O pior é que a garota era muito apegada ao seu amigo, agora está sozinha e isolada. Suas aulas vão começar em breve e mal sabe ela o que está para acontecer.

William é cara lindo e sedutor, mas não um cara qualquer, porque ele é um vampiro. E para aumentar a surpresa: ele sonha! E vocês sabem... De acordo com a mitologia, os vampiros não sonham. E tem qualquer tipo de reação química que seja humana, mas sim sobrenatural. Ele é o único da sua espécie que sonha desde criança com a mesma coisa: uma garota linda, que o tira do sério e o faz questionar quem seria ela.

Dante é o melhor amigo de William e não aguenta mais vê o amigo daquele jeito. Como forma de amenizar aquela situação, ele atribui a William uma missão bem mais fácil do que a que eles tinham (caçar rainhas, e não vou revelar a vocês o que isso significa). Dada as coordenadas, ele chega a cidade onde Eva mora, e lá o destino se encarregada de unir os dois acidentalmente, em uma floresta. Eva estava perdida com tudo aquilo que estava acontecendo e William na tentativa de salvá-la descobre que ela é a garota com quem sempre sonhou!

Será que William vai conseguir resistir à tentação de mordê-la? O que irá acontecer entre esses dois?

São poucos os autores que conseguem escrevem sobre mitologia, seja ela qual for, e não acrescentar detalhes exagerados, ou mesmo distorcer a e estória. Barbara é o tipo de autora que nem exagera com a sua imaginação, muito menos deixa de trazer novidades que contribuam para uma narrativa brilhante com esta.
"Ele parecia tão confortável ao mesmo tempo que não combinava em nada com o ambiente ao seu redor. Muita beleza par apouco espaço. Era como ter um quadro legítimo de Leonardo da Vinci pendurado na parede do meu quarto." 
Labirinto de Espelhos é um romance sobrenatural-ficcional que não foca apenas no casal Eva e William, mas em todas as pessoas que cercam a vida deles dois. O melhor de tudo isso é que acompanhamos as personagens secundárias. O amadurecimento do relacionamento entre Eva e William que foge daquela perspectiva clichê de que ambos terminam em um “felizes para sempre”.

São muitas as dificuldades enfrentadas por todos! São muitos os segredos e mistérios que precisam ser resolvidos, e a autora consegue manter isso até o final, sério mesmo! É impossível desgrudar da leitura por uns segundos. O desfecho do livro I é favorável para uma continuação, que saiu recentemente e estou realizando a leitura. Em breve vocês vão conhecer uma pouco mais dessa estória.

A diagramação, capa, páginas amareladas são detalhes que enriquecem a obra como um todo. E no mais geral, a Barbara tem uma escrita convincente que fez parecer que no mundo em que vivemos pode existir quem sabe vampiros?! Recomendo a obra para os apaixonados por mitologia vampiresca e para os iniciantes conhecer tudo sobre esse mundo sobrenatural.

0 comentários:

Postar um comentário