Resenha || Depois de Você | Jojo Moyes | Editora Intrinseca


Depois de Você

Jojo Moyes

Título original: Before You
Gênero: Romance
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 320
Edição: 2015
Avaliação: ★★★★
Sinopse: Em Depois de você, sequência de Como eu era antes de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga a voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece estar se encaixando, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.
“– Dezoito meses. Dezoito meses inteiros. Até quando vai ser assim? – pergunto na escuridão. E pronto, posso senti-la fervendo de novo: aquela raiva inesperada. Dou dois passos olhando para meus pés. – Porque isso não parece vida. Não parece nada”.

Como a maioria das pessoas já sabe, o final de Como Eu Era Antes de Você (resenha aqui) foi doloroso, mas tivemos a sensação de que a nossa amada Louisa Clarck iria conseguir se reerguer, bem, pelo menos eu tive e apesar de também ter sofrido e caído em uma ressaca literária, eu superei e o livro se tornou para mim uma das leituras favoritas da vida!
Lou e Will <3 
Tudo estava tranquilo quando de repente temos a notícia de que Jojo escreveu uma continuação para o livro, pois muitos fãs queriam saber o que aconteceu com a Lou (Só pra constar, eu achei que o livro não precisava de continuação). Ainda assim, decidi que leria, afinal, gosto muito de Lou.

Livro na mão, super empolgada e... Me deparei com um clima de luto total, quase depressão mesmo. Nada do que eu tinha imaginado para Lou deu certo: faculdade, vida animada, superação. Muito pelo contrário, Lou perdeu a vaga no curso que pretendia fazer, não arrumou o emprego que ela gostaria e ainda se sentia sozinha longe da família
“Às vezes eu tinha a sensação de que todos nós estávamos no mesmo mar de sofrimento, relutando em admitir para os outros até que ponto estávamos apenas acenando ou já nos afogando”.
Mais nem tudo foi sofrimento. O livro conta com novos personagens, um deles é Lilly, uma adolescente chatinha (muuuuito chatinha) que aparece pra fazer com que a Lou esqueça de si de vez, por que sinceramente, quero saber qual é o segredo pra ser uma pessoa tão boa como a Lou... Que abre mão da própria vida pra ajudar os outros (sempre foi assim né?)

Lilly vai ter um importante papel no livro, embora ela tenha sido a razão pela qual eu tenha dado apenas quatro estrelas a ele. Achei que a personagem, de certo modo, rompeu com algo do livro anterior. E acho que se o livro era pra nos mostrar a Lou de Depois, o passado deveria permanecer intacto.

Enfim, preciso contar pra vocês que apesar de tudo a Lou é uma mulher de sorte! Em meio a essa sua vidinha mais ou menos, ela encontra Sam: um paramédico lindo, sarado e muito sensível que dá aquele toque de romance apaixonante. Eu suspirei muito com o casal.

Ahhhh, não poderia esquecer do grupo para superar a perda de entes queridos que a Lou passou a frequentar – Seguindo em frente – neste grupo, ela conheceu gente nova e diga-se de passagem, nem pareciam estar de luto, pois eram divertidíssimas.

  “O tempo se ajeita, e o mundo, mesmo com relutância, passa a fazer sentindo”.

Algumas coisas permaneceram bem parecidas, tipo a irmã chata da Lou que não faz nada da vida a não ser se meter na de Lou, alguém me diga qual o problema da Treena?

Particularmente eu gostei do livro, foi bom ver que a Lou não deu a volta por cima tão rápido, e também não teve uma vida perfeita como nós imaginamos que teria. Ter dado uma chance para continuação foi muito bom por que assim pude conhecer novos personagens e também ver o crescimento da Lou.  
“Talvez toda liberdade – física e pessoal – só viesse às custas de outra pessoa ou outra coisa” 

Para os fãs de Como Eu era Antes de Você, é quase uma leitura obrigatória! E aviso logo: tenham paciência, pois tem momentos em que a leitura fica um pouquinho enfadonha (pelo menos pra mim que não tenho paciência pra adolescentes em crise). Pra quem decidir arriscar: Boa Leitura! 

0 comentários:

Postar um comentário