Resenha || Triangulo de 4 lados | Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa | Editora D'Plácido


Triângulo de 4 lados

Fernanda Medeiros e Adelina Barbosa

Gênero: Romance juvenil
Editora: D'Plácido
Número de Páginas: 319
Edição: 2015
Avaliação: ★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Comprar: Saraiva  Americas  Submarino
Sinopse: Unhas mal pintadas de preto e camisas de bandas. Ela ama O Diário de Bridget Jones, chocolate, e a banda Misfits. Odeia trovões, lágrimas, e ser chamada de criança. Sara Alcântara tem 17 anos e, como qualquer garota de sua idade, tem um relacionamento de amor e ódio com a mãe, com seus estudos, e com a própria vida. Ama suas amigas, que são seu suporte, e sua base. Tira boas notas na escola, por obrigação, mas deseja ser artista, porque pintar é sua verdadeira vocação. Até aquela paixão adolescente, platônica, ela possui. Ele tem nome, sobrenome, e grau de parentesco. Rodrigo Guano é seu primo, e sonho de consumo de toda a população feminina da pequena cidade de Santa Fé, onde moram. Tudo muda quando ele a beija pela primeira vez. Então o mundo pode acabar, regimes podem cair, terremotos podem engolir a terra em rachaduras intermináveis, e Sara ainda estaria feliz. Ou assim ela pensa ser, até que viaja para Paris, para passar as férias. Quando volta, tudo está diferente, inclusive ela. Sara se vê inserida num triângulo amoroso... Ou seria um quadrado?
Vocês conhecem 'Quadrilha' de Drummond?!
João amava Teresa que amava Raimundo que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém.
Pois é, 'Triangulo de 4 lados'  tem uma premissa que lembra muito o poema de Carlos Drummond de Andrade. Brent gosta de Sara que gosta de Rodrigo que gosta de muitas. E ainda tem Matheus no meio dessa história.

'Triangulo de 4 lados'  é um daqueles romance juvenis focado exclusivamente na relação amorosa desses quatro personagens. O livro até aponta outras questões, mas tudo fica na superfície, não havendo aprofundamento, o que acaba deixando os personagens pouco interessantes.

A obra é ambientada em Santa Fé, Minas Gerais. Narrado em primeira pessoa, pelos quatro personagens principais, em capítulos alternados, sendo Sara a personagem que tem mais voz. Bom, Sara é uma jovem de 17 anos que desde sempre é apaixonada pelo primo Rodrigo. Brent, americano, é o meio irmão de Rodrigo e desde sempre é apaixonado por Sara. Já Rodrigo sabe que Sara é apaixonada por ele, mas sempre disfarçou os sentimentos que nutria pela prima, porém lá pelas tantas acaba se descobrindo apaixonado.  Matheus é o cara que aparece para complicar ainda mais essa história.

Ao longo de toda obra acompanhamos esse triângulo-quadrado amoroso. A narrativa centra nos 4 personagens, trazendo ainda o irmão de Sara e a namorada deste, mas sem grande relevância.  Também é mencionado o fato de a mãe ser uma mulher um pouco fria e distante, mas esse também é outro aspecto com pouco destaque.

Como já mencionei acima, os personagens não são cativantes, pois não há um desenvolvimento de outros aspectos de suas vidas. Um exemplo do que eu estou falando, em relação à falta de aprofundamento: Sara gosta de artes e viaja para Paris para fazer um curso, porém isso é só mencionado. Não sabemos nada do que ela faz por lá. Em momento algum Sara fala quais os pintores que são sua inspiração.

Outro exemplo: Mateus é o personagem mais interessante. Ele não tem família, já viajou pelo Brasil afora, vive de favor na casa dos outros, é vocalista da banda do Rodrigo. Ele tem experiências de vida que vão além da pizzaria da cidade, mas isso não é explorado. É com Matheus que Sara tem a conversa mais intensa, pena que as autoras não narram. 

Outra questão que é o fato da protagonista ter 17 anos e os primos de 25, 26 anos, aproximadamente. Em um momento parece que vai haver uma problematização a esse respeito, e ao fato de serem primos, mas não é desenvolvido. Rodrigo é, com certeza, o personagem mais raso. O cara é um adulto, roqueiro, com tudo pra ser intenso, mas ele não tem nada de interessante. 

'Triangulo de 4 lados' é uma leitura que vale para quem gosta de ler sobre paixões adolescentes. A escrita das autoras é simples e direta, possibilitando uma leitura rápida. O livro ganha pontos em relação à diagramação, apesar da folhas serem brancas. Como vocês podem ver na imagem, o inicio de cada capítulo traz a localização, data e horário em que está ocorrendo os fatos narrados. Há ainda os triângulos que são como anotações mentais da Sara. Ajuda a conhecermos um pouco mais da personagem.  

'Triangulo de 4 lados tem continuação "Trevo de quatro folhas". Acesse a Aqui a página oficial 


0 comentários:

Postar um comentário