Review || Chicago Med | Universal Channel


Olá, leitores e leitoras, tudo bem com vocês?
A review de hoje é da série Chicago Med, que é o segundo spin-off da série Chicago Fire. Foi criada por Dick Wolf e Matt Olmstead, exibida no Brasil pelo canal Universal Channel e no canal de TV aberta Rede Record. Já está confirmada a segunda temporada.

O elenco principal é formado por:
Nick Gehlfuss como Dr. Will Halstead
Yaya DaCosta como April Sexton
Torrey DeVitto como Dr. Natalie Manning
Rachel DiPillo como Sarah Reese
Colin Donnell como Dr. Connor Rhodes
Brian Tee como Dr. Ethan Choi
S. Epatha Merkerson como Sharon Goodwin
Oliver Platt como Dr. Daniel Charles

Por se tratar de um spin-off em determinados episódios há participações de personagens da série Chicago Fire e Chicago P.D. Porém, não é necessário assistir a nenhuma das séries para compreender a história, mas recomendo, pois são muito boas.

Will Halstead é chefe residente do pronto socorro, irmão do detetive Jay Halstead (Chicago P.D). É um dos personagens que mais dá trabalho no hospital, pois muitas vezes sua opinião pessoal interfere na maneira de tratar um ou outro paciente. É evidente sua conexão com a Dra. Natalie que está grávida do seu falecido marido que servia o exercito.

Sharon Goodwin é a diretora do hospital, constantemente a mesma se depara com situações inusitadas entre seus funcionários, e muitos casos envolvem pacientes. Goodwin e Will vivem em uma constante briga.



Connor Rhodes é o novo contratado do hospital, o mesmo chega no seu primeiro dia após se envolver em um acidente e ajuda a socorrer várias vitimas. A principio Rhodes sente dificuldade com a equipe, visto que é o "novato". O mesmo não se relaciona bem com o pai, principalmente após a morte da mãe.

Dr. Charles é o psiquiatra, na maioria das vezes é ele quem ajuda a solucionar alguns casos. Também é o conselheiro da equipe, inclusive ajuda Dr. Choi se recuperar de um trauma.

Em Chicago Med, a maioria das cenas são no hospital, e cada episódio mostra uma história nova e com outros pacientes, apenas alguns tem participações recorrentes.

A minha personagem preferida é April Sexton, é enfermeira e muito dedicada ao trabalho. Em muitas séries de medicina eles excluem a equipe de enfermagem e focam mais nos médicos, como se eles fossem o mais importante para o hospital, e esse é o grande diferencial de Chicago Med.

Me identifiquei muito com Sarah Reese, a estudante de medicina, ela não gosta do pronto-socorro e sente dificuldades praticamente o tempo todo, eu sou técnica em enfermagem e durante meu estágio na Urgência e Emergência tive que aprender a sair da zona de conforto, exatamente como ela tem que aprender a fazer. Reese é uma das personagens que evolui a cada episódio, é muito bonito de ver.

Chicago Med é uma série muito boa, quem já assistiu Grey's Anatomy e House existe uma grande probabilidade de gostar ou para quem gosta de séries que envolvem medicina. Vale a pena assistir, há muitos casos que relacionam a ética profissional, e também a maneira que a equipe tratam os pacientes sem preconceito e fazendo tudo por amor.


A produção é bem simples comparada com outras séries médicas, porém eu não vi como algo ruim. Em relação ao roteiro, deixou um pouco a desejar, pois há muitos episódios que demoram para desenrolar. Mas de uma maneira geral, a série é boa e recomendo sim, não só para quem gosta de medicina, mas para quem não gosta também.

0 comentários:

Postar um comentário