Resenha || Natal, Férias e Outras Histórias | Ana Cardoso | Editora Belas Letras


Natal, Férias e Outras Histórias

Ana Cardoso

Gênero: Crônicas
Editora: Belas Letras
Número de Páginas: 120
Edição: 2016
Avaliação: ★★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse:
O fim do ano chegou. Época de festas, férias escolares, dias mais longos, banho de mangueira. Um período especial que pode servir para nos aproximarmos mais dos nossos filhos, da nossa família e dos amigos. Mesmo quem não tira férias convive mais com os filhos, que se libertam das atividades e da rotina do ano escolar, e têm mais tempo para pular nas nossas camas. Este livro é um apanhado de histórias que aconteceram no fim do ano, memórias e curiosidades de Natal, receitas práticas e saborosas de família, um jogo de tabuleiro encartado para se divertir com as crianças e uma emocionante entrevista com ninguém menos do que o próprio Papai Noel, que estava muito ocupado com seus preparativos e respondeu tudo por e-mail. Escrito pela mamãe rock best seller Ana Cardoso, com participação especial do papai pop Marcos Piangers e das filhas do casal, este é um livro simples e mágico, com o sabor do Natal.
“Esperamos que este livro traga consigo o gosto e a simplicidade de um picolé de limão bem refrescante e que seja lido e curtido com a família”


Fim de ano chegando e junto com ele o natal, o réveillon, e as férias, tudo isso acompanhado da família e de muita bagunça. Geralmente é uma época muito agradável e rende boas histórias.

Em Natal, Férias e Outras Histórias - Ana Cardoso (Escritora de A Mamãe é Rock – confira aqui) reúne histórias que marcaram a sua vida. Com um toque de humor Ana nos conta episódios da sua infância, adolescência e de agora, que seus natais e férias são marcados pela presença das filhas e do marido.



O livro também traz textos que falam da tradição natalina em vários países, mostrando as semelhanças e diferenças com o natal aqui do Brasil.

Além das histórias de natal e férias contadas por Ana, temos a participação do seu marido Marcos Piangers (Escritor de O Papai é Pop), e da filha mais velha do casal Anita, a pequena ficou com a parte das receitas natalinas (Huuuuum).

Não poderia deixar de falar da entrevista com o Papai Noel, sim, um de verdade, daqueles que ficam no shopping. Achei bem bacana conhecer um pouco mais da pessoa que está por trás do bom velhinho, e do que esse trabalho representa para crianças, adolescentes e também para os adultos (Por que não?)



A leitura da obra foi bem agradável. O livro é curto, por isso dá pra ler em poucas horas. O gênero também é muito agradável – Crônicas – então para quem curte o gênero é uma boa pedida!

A edição está muito bonita, cheia de ilustrações e páginas coloridas. Junto com o livro veio um jogo de tabuleiro, ideal para reunir a família e garantir a diversão. Boa leitura!




“Todo dia é dia de ser feliz, de ser uma pessoa melhor, de fazer o dia valer a pena. Sempre ensinamos para nossas filhas que não existe um pote de ouro no final do arco-íris, que o ouro está diluído em cada pequeno momento”

0 comentários:

Postar um comentário