Resenha || Quando Tudo Volta | John Corey Whaley | Editora Novo Conceito

Quando Tudo VoltaQuando Tudo Volta

John Corey Whaley

Título original:  Where Things Come Back
Gênero: Jovem Adulto
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 224
Edição: 2014
Avaliação: ★★
Sinopse: Uma morte por overdose. Um fanático estudioso da Bíblia. Um pássaro lendário. Pesadelos com zumbis. Coisas tão diferentes podem habitar a vida de uma única pessoa? Cullen Witter leva uma vida sem graça. Trabalha em uma lanchonete, tenta compreender as garotas e não é lá muito sociável. Seu irmão, Gabriel, de 15 anos, costuma ser o centro das atenções por onde passa. Mas Cullen não tem ciúmes dele. Na verdade, ele é o seu maior admirador. O desaparecimento (ou fuga?) de Gabriel fica em segundo plano diante da nova mania da cidade: o pica-pau Lázaro, que todos pensavam estar extinto e que resolveu, aparentemente, ressuscitar por aquelas bandas. Em meio a uma cidade eufórica por causa de um pássaro que talvez nem exista de verdade, Cullen sofre com a falta do irmão e deseja, mais que tudo, que os seus sonhos se tornem realidade. E bem rápido.


Cullen Witter é um adolescente conformado com sua vida na pequena e pacata cidade onde mora, onde nada de interessante acontece e os dias passam de forma lenta e entediante... até que, supostamente, um pássaro declarado extinto resolve fazer morada no lugar, deixando os moradores e toda a imprensa em polvorosa.

Essa provável descoberta não afeta em nada a vida de Cullen, ou melhor, não afetava em nada até que seu irmão, Gabriel, desaparece sem deixar vestígios e a imprensa não dá a mínima para o caso, tudo por conta do maldito pássaro que aborrece o garoto cada vez mais.

Conforme os dias vão passando sem nenhuma notícia, a família Witter, e principalmente Cullen, vai desmoronando. Com a ajuda do incansável melhor amigo Lucas, ele vai tentar encontrar o irmão, e, nessa jornada, conhecerá a si mesmo.


Em paralelo a isso temos a história de um outro personagem que inicialmente não parece ter ligação alguma com a trama principal do livro, mas chegando no final descobrimos o papel dele na história.
"E só o que nos restava era esperar para ver o espetáculo, esperar para ver se algo brilhante ou catártico apareceria."
Ao meu ver, o livro poderia muito bem ter focado apenas na história do personagem Cullen, com suas autodescobertas e o desaparecimento de seu irmão. Mas infelizmente o autor intercala capítulos com a história do personagem antes mencionado, que, sinceramente, não fez a mínima diferença para a narrativa em si. O mistério que ele introduz no enredo também perde um pouco do sentido a partir da segunda metade do livro. E sobre o final, bem, não gostei nem um pouco; foi rápido e fácil demais, como se o autor quisesse acabar logo com aquilo.


As primeiras páginas do livro foram bem envolventes e finalizei a leitura em poucas horas, mas ainda assim tive muitos problemas com esse livro. Sabe quando o livro tem tudo para ser bom e o autor tenta introduzir tantas coisas, tantos temas, que acaba estragando tudo? Bem, infelizmente isso aconteceu e acabei frustrada.
"O sentido de um pássaro aparecer, e de um garoto desaparecer, e você saber de tudo isso. O sentido disso não era salvar você, mas alertá-lo. Alertá-lo acerca da confusão, da ilusão e da suposição."
Sim, foram muitos os pontos negativos para mim, mas isso não significa que o livro é horrível e deveria ser jogado na fogueira mais próxima. Não. O livro não funcionou para mim, mas isso significa que outros leitores não possam gostar e até se divertir com ele. A escrita do autor é muito boa e os diálogos são bem realistas. Além disso o livro aborda um tema muito interessante, que é o amor e a amizade entre irmãos. Não consegui me apegar aos personagens, devido a rapidez da leitura, mas foram bem construídos.


Indico a leitura para quem gosta do gênero jovem adulto e leituras rápidas. Como eu disse, é um livro que pode muito bem agradar outros leitores.

A edição está bem caprichada, como podem ver pelas fotos. Não encontrei erros de revisão que prejudicassem a leitura.

Se já leu Quando Tudo Volta me conta o que achou <3

0 comentários:

Postar um comentário