Resenha || O rei que amava música | Ana Luiza Badaró | Guarda-chuva


O rei que amava música

Ana Luiza Badaró Braga

Ilustrações: Ionit Zilberman
Gênero: Infantil
Editora: Guarda-chuva
Número de Páginas: 42
Edição: 2016
Avaliação: ★★★★
* Livro cedido em parceria com a editora
Comprar: Saraiva
Sinopse: O rei que amava música fala de forma lúdica sobre o relevo da cidade do Rio de Janeiro. Através de texto de Ana Luiza Badaró Braga e ilustrações de Ionit Zilberman é possível descobrir a ligação dos encantos desse reino musical com as terras cariocas. O livro ainda conta com um jogo interativo sobre os monumentos do Rio de Janeiro.
Olá, leitores!
Hoje é dia de indicar livro infantil. Estou amando essa fase de ler livros infantil.

Eu adoro olhar as coisas e tentar identificar imagens e desenhos nelas. Eu lembrei que exite um nome pra isso e dando uma googladar encontrei, chama-se pareidolia, um fenômeno psicológico.

Por que estou falando disso? Porque o livro O rei que amava música tem tudo a ver com esse fenômeno. Na história tem um rei, uma princesa que não sebe dançar e um bruxo. O rei faz um pedido ao bruxo, mas isso tem um preço. Já viram como tudo na vida tem um preço? Como não posso revelar tudo, só posso dizer que os três personagens estão eternizados nas belas paisagens do Rio de Janeiro.

O rei que amava música é um livro encantador. A autora faz com que o leitor veja com outros olhos o que estar lá, bem diante de nós, mas que na maioria das vezes não temos tempo para apreciar. A autora encanta nosso olhar. O livro também é uma bela homenagem ao Rio Janeiro.

 A pareidolia é uma forma maravilhosa de colocar mais o ludicidade na nossa vida. E a gente nem precisa saber esse nome estranho para viajar no mundo das imaginação nos morros, nas montanhas, nas nuvens e até mesmo num pedaço de torrada (lembram do caso da torrada?).

Por fim, quero falar das ilustrações. Que trabalho magnífico da Ionit Zilberman. Elas casaram tão bem com a narrativa, o que deixa tudo mais encantador. Livro recomendadíssimo para os pequenos leitores.


0 comentários:

Postar um comentário